quarta-feira, dezembro 14, 2005
Funcionários públicos...

Já tentei pensar naquilo que odeio mais à face da terra e não me ocorre nada pior que os funcionários públicos. A SIDA, o Ébola, a guerra no Iraque, os tipos que conduzem jipes de luxo, o gaijo que cuspiu no Mourinho... tudo isso me incomoda. Mas odiar, odiar, odeio os filhos de uma prostituta espanhola dos funcionários públicos.

Não há raça pior! Não há flagelo maior! Não há mais ninguém que me suscite o desejo do homicídio. Não tenho mais saborosa fantasia que entrar numa repartição de finanças ou da Administração Local de caçadeira em punho e começar a disparar indiscriminadamente sobre as sopeiras de xaile beje e camisa de padrão florido e sobre os asnos de pullover às costas que estão do outro lado do balcão. Oh visão gloriosa!

Não há visão pior que uma mulher de meia-idade com cara de quem já não dá uma "cambalhota" há 40 anos sentada numa cadeira com a cabeça à altura do balcão a estender-nos um impresso qualquer enquanto olha para nós por cima de uns óculos de hastes finas equilibradas na ponta do nariz. Porque é que todos os funcionários públicos olham para nós por cima das lentes? Por que andam sempre com os óculos na ponta do nariz? Se não olham através deles, para que precisam de os usar? Será que lhes dá auto-confiança?

Não há frases mais odiosas que "...assine aí onde 'tá a cruzinha.", ou “…pois… estamos com um problema no computador e não lhe podemos resolver isso.”, ou ainda "...agora vai ao guichet Y e entrega isso à minha colega, depois passa na Tesouraria para pagar, e depois vem aqui buscar o recibo.”. Mas a mais detestável de todas, aquela que me provoca suores frios, a que me faz engolir em seco, revirar os olhos, suster a respiração e cerrar os dentes, é a clássica "...pois... isso não é aqui, é na repartição X. Ai já lá foi e disseram-lhe que era aqui?... pois, mas não é. É lá.". Oh calamidade, que a esta altura só me apetece ir ao pescoço daquela amostra de ser humano e apertar devagarinho para saborear durante mais tempo a sua agonia enquanto sufoca.

Os funcionários públicos portugueses são os profissionais – no sentido de que têm uma profissão. Não confundir com profissionalismo – mais incompetentes do País. Não sabem… não fazem ideia… não querem saber (este devia ser o lema deles) e têm os computadores sempre avariados. Talvez seja por isso que os processos não andam. Os telefones, por outro lado, funcionam sempre. Mas em vez de os utilizarem para chamar um técnico de informática que conserte o computador, telefonam para a irmã, para a filha, para a cunhada e para a prima que, por sinal, também são funcionárias públicas, ou não teriam tempo para manter conversas de 30 minutos a meio da tarde. E, enquanto isso, um comum cidadão empregado no sector privado está a dar uma falta injustificada enquanto espera durante quase meia-hora que a vaca que está ao telefone lhe venha vender a porcaria do selo para o automóvel que está na rua a ser multado por um outro funcionário público gordo e com bigode que reparou que o tempo do parquímetro se esgotou há 10 minutos atrás.

RAÇA ESCOMUNGADA!!!

posted by Raimundo @ quarta-feira, dezembro 14, 2005  
2 Obscenidades evitáveis:
  • At 04 janeiro, 2006 12:32, Blogger Luis Beirão said…

    Está muito bem apanhado, sim senhor, ó Raimundo das dúzias!
    Na verdade, este texto está muito bem conseguido, e creio que a maioria dos portugueses, mesmo que não tão críticos e ácidos como tu, neste caso, identifica-se plenamente.

     
  • At 27 janeiro, 2006 00:37, Anonymous Jack said…

    Eh raça escomungada mesmo... Esses tipos das finanças hao-de arder nos quintos dos infernos... todos eles!

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 


Nome: Raimundo
Morada: Algures em algum sítio, bem no meio de..., Portugal
Que mais queres tu?
Então vê o perfil

Blog aberto a fumadores. E não... não temos as dimensões estipuladas por lei para poder ter um espaço para fumadores. E como estamos num país de chibos, já estou mesmo a ver: um dia destes há uma denúncia anónima e aparecem-me aí uns estupores da ASAE para fechar o tasco!

http://www.totse.com/en/bad_ideas/ka_fucking_boom/atomic.html

Imbecilidades diárias
O Mundo desde o início
Mundos aliados
Mundos de subversão
Mundos da Cova
Mundos de sabedoria
Mundos em hibernação
Usurários

Powered by Blogger

15n41n1