domingo, julho 29, 2007
Um plantel seguro da sua sexualidade
Já tínhamos uma "Maria Amélia", agora também temos uma "Di Maria" - já para não enumerar uma ou outra prima dona do passado recente e alguns que ainda por lá andam com trejeitos amaricados. E tudo vestidinho a cor-de-rosa. Uma coisa é certa... Um jogador tem que estar mesmo muito seguro da sua sexualidade para entrar em campo naqueles preparos.

Não sou particularmente adepto da farpela... mas que as vitórias vão saber melhor... lá isso vão. O Ricardo Araújo Pereira é que tem razão. É que para além de festejarmos as vitórias, ainda vamos poder sentir a humilhação extra dos nossos adversários por terem perdido contra uma equipa de gaijos que eles apelidam de paneleiros, que têm nomes de meninas e se vestem como elas.

E já agora proponho que, por cada golo marcado na Luz de rosa vestido, o speaker da Catedral passe o YMCA dos Village People, com coreografia do goleador em campo... isso sim... seria a derradeira humilhação para os nossos adversários.
posted by Raimundo @ domingo, julho 29, 2007  
1 Obscenidades evitáveis:
  • At 29 julho, 2007 13:32, Anonymous arquitecto rosa said…

    Vestir rosa não é pôr em causa a masculinidade da equipa. Já o mesmo não diria se a cor alternativa fosse azul ou verde... é que há equipas a quem nem a cor do equipamento as safa.

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 


Nome: Raimundo
Morada: Algures em algum sítio, bem no meio de..., Portugal
Que mais queres tu?
Então vê o perfil

Blog aberto a fumadores. E não... não temos as dimensões estipuladas por lei para poder ter um espaço para fumadores. E como estamos num país de chibos, já estou mesmo a ver: um dia destes há uma denúncia anónima e aparecem-me aí uns estupores da ASAE para fechar o tasco!

http://www.totse.com/en/bad_ideas/ka_fucking_boom/atomic.html

Imbecilidades diárias
O Mundo desde o início
Mundos aliados
Mundos de subversão
Mundos da Cova
Mundos de sabedoria
Mundos em hibernação
Usurários

Powered by Blogger

15n41n1