quarta-feira, abril 16, 2008
a tempestade
Será que mais ninguém a sente aproximar-se? A Tempestade? Ninguém? Eu sinto-a nos ossos. Quase a vejo. Ia jurar que está logo ali... ao virar da esquina... atrás de mim... ao meu lado. Ia jurar que a oiço. Em cada olhar vazio nas filas do Centro de Emprego. Em cada par de mãos cansadas mas vazias ao fim do dia. Em cada estômago frustrado que esconde o desespero com um cigarro. Será que mais ninguém a sente? Ela vem aí. E não há aviso da protecção civil que valha.
posted by Raimundo @ quarta-feira, abril 16, 2008  
3 Obscenidades evitáveis:
  • At 16 abril, 2008 18:15, Blogger nad said…

    Conscience is a bitch, isn't it?!?

     
  • At 24 abril, 2008 13:54, Blogger Alferat said…

    EU TAMBÉM A SINTO EM CADA ROSTO CAÍDO NO CAMINHO PARA CASA...

     
  • At 05 maio, 2008 16:26, Blogger Luis Beirão said…

    Tens razão, Raimundo... Ela vem aí, quer-me parecer... aliás, já por aí anda... simplesmente ainda não chegou até nós, a dita "metade civilizada" deste planeta azul... mas por exemplo nalguns países africanos onde a população já saiu à rua devido á subida de preços de bens alimentares, a tempestade (maior ainda que as habituais monções) já se abateu. E violentamente!

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 


Nome: Raimundo
Morada: Algures em algum sítio, bem no meio de..., Portugal
Que mais queres tu?
Então vê o perfil

Blog aberto a fumadores. E não... não temos as dimensões estipuladas por lei para poder ter um espaço para fumadores. E como estamos num país de chibos, já estou mesmo a ver: um dia destes há uma denúncia anónima e aparecem-me aí uns estupores da ASAE para fechar o tasco!

http://www.totse.com/en/bad_ideas/ka_fucking_boom/atomic.html

Imbecilidades diárias
O Mundo desde o início
Mundos aliados
Mundos de subversão
Mundos da Cova
Mundos de sabedoria
Mundos em hibernação
Usurários

Powered by Blogger

15n41n1