quinta-feira, abril 27, 2006
As mulheres nunca hão-de governar o Mundo…

…e está mal. Porque acredito que o Mundo seria mais bem governado se as mulheres tomassem o poder. Fosse por comum acordo, fosse por golpe de estado.

As mulheres – e assumam, de cada vez que eu absolutizar o termo por questões práticas, que estou a falar da “maioria” das mulheres e não da totalidade – são mais hábeis a gerir do que a maior parte dos homens. Logo, haveria uma mais justa distribuição dos recursos energéticos, económicos, medicinais e alimentares pelas populações. Até porque, dentro de cada mulher há uma dona de casa, uma voluntária do Banco Alimentar, uma enfermeira da Cruz Vermelha e uma activista da PETA. Acabariam – ou, pelo menos, diminuiriam – assim, os problemas da fome e da peste à escala global. E estou certo que a vida seria bem mais simples e confortável para a humanidade e para a generalidade dos animais, com as óbvias excepções das aranhas, dos ratos e das cobras.

As guerras também teriam um fim – apesar de todas a mulheres também terem dentro de si uma destemida Joana d’Arc, mais ou menos beata. Porque elas, as mulheres, têm um instinto de sobrevivência mais aguçado que o dos companheiros. Condescendem mais. Cedem mais. Reconhecem o erro. E não se envergonham de recuar numa posição se, com isso, puderem evitar um conflito. Não é cobardia ou medo. É estratégia. Sabem que, eventualmente, mais cedo ou mais tarde, chegarão onde querem. Sem baixas. Sem fatalidades. Porque sabem que a vida é um bem dolorosamente precioso. Saiu-lhes do corpo. E têm, por isso, um sentido natural de protecção familiar – o do homem é forçado e tem a ver mais com uma questão de posse – que as impediria de enviar os filhos – os seus e os das outras – para um conflito armado que, certamente, resultaria em mortes e mutilações.

Para além disto, as mulheres – e disso já deram prova – conseguem fazer exactamente tudo o que nós fazemos. E, à excepção de mijar de pé, com a mesma perfeição ou melhor ainda. O Mundo continuaria a não ser perfeito. Mas seria, certamente, um pouco mais agradável. Mais limpinho, pelo menos. Sem meias e cuecas sujas espalhadas por toda a parte.

Então – perguntam vocês – com estas qualidades todas, porque não governam as mulheres o Mundo? O diabo me leve se sei! Mas aposto que a caixinha de comentários vai revelar muitas teorias… de mulheres que levaram a sério este post! Aliás, as mulheres levam tudo – mesmo tudo – a sério. E talvez seja por isso que nunca hão-de governar o Mundo.

posted by Raimundo @ quinta-feira, abril 27, 2006  
7 Obscenidades evitáveis:
  • At 27 abril, 2006 01:36, Anonymous pH said…

    "apesar de todas a mulheres"

    pH continua na sua senda ortográfica!

    Estará o Raimundo a ficar mole? Este texto não me parecer ter ácido suficiente, não sei... está bem escrito e tal e coiso, mas... enfim, esperemos por mais e melhor (se ao menos fosse escrito por uma mulher ;)

     
  • At 27 abril, 2006 15:01, Anonymous CasaNova VidaNova, jr. said…

    O raimundo está é um pouco confundido... será que ele pesou efectivamente todos os prós e contras de tais afirmações? O excesso de arrumação impediria o caos e, sem contingência, não há evolução! Se as mulheres tivessem governado o mundo-pré-histórico, não viveriamos ainda todos nas cavernas? Cavernas mais arrumadas, é certo, mais continuariam a ser cavernas... e não nos esqueçamos da importância que os edifícios assumiram na nossa cultura ocidental. Temos a Casa Branca, não a Caverna Branca (bom, talvez não tenha sido um bom exemplo, a julgar pelo inquilino...). Concluindo: há raimundices que devemos guardar para nós! As mulheres não teriam sido boas governantas do mundo. Pelo menos do mundo aliciante e javardo tal como o conhecemos.

     
  • At 27 abril, 2006 17:20, Anonymous Anónimo said…

    Viva!
    Pela primeira vez visito o seu site, parece-me um pouco concentrado no umbigo do seu autor.
    Algum non sense à mistura perfeitamente evitável. No entanto, quero realçar a abrangência dos temas abordados que acusam algum inconformismo latente e que poderá ser melhor explorado. Força!
    Mesmo assim, vou inclui-lo na minha listagem de blogs recomendados.

    Pacheco Pereira

     
  • At 27 abril, 2006 17:43, Anonymous Anónimo said…

    Este site também me parece um pouco concentrado no umbigo do seu autor, mas é o habitual tendo em conta a tendência da blogosfera que se faz neste país e até no mundo. Afinal, diário pessoal quererá dizer mesmo isso. O non sense é bom. Sem contar com este tema das mulheres, penso que os outros são fracos. Pena que esteja a atrair leitores tão umbiguistas!

    Pedro Santana Lopes

     
  • At 27 abril, 2006 18:12, Anonymous Anónimo said…

    Sobre esta matéria, reafirmo o que já disse anteriormente: Não é justo nem razoável que persistam enviesamentos masculinocêntricos tão acentuados na selecção das questões políticas agendáveis.

    Jorge Sampaio

     
  • At 27 abril, 2006 20:11, Anonymous Jack said…

    Eh pah... isto nem parece teu. as gaijas a governarem o mundo?! tas parvo ou quê?! ca pra mim deves estar doente ou coisa parcida. voltaste a meter-te nos moncherrys... nao foi?

     
  • At 27 abril, 2006 21:58, Anonymous V.Samotrácia said…

    cabe-me defender a honra das mulheres, por ser a primeira!Pois, e falo por experiência,tenho de reafirmar as declarações da nosso carissimo raimundo. Mais uma vez se comprova o teu olho crítico e extremamente observador. sim,nós as mulheres,governaríamos muito bem o mundo! e porquê?, porque pensamos, balançamos as vantagens de desvantagens e conseguimos sempre, mais tarde ou mais cedo, atingor os nossos objectivos. mas um acoisa também é verdade, nunca teríamos um apoio "decente". "por trás de uma grande homem, há sempre uma grande mulher"! é exactamente por isto, que o mundo não está pior! Nós não deixamos. Mas também não necessitamos de tanto reconhecimento! sabemos que temos e aceitamos a situação, não precisamos de a mostrar a todos e gabar-nos de tal feito. basta-nos sermos mulheres para termos mérito. e claro que não na generalidade tal como tu, raimundo! bom e mau existe dos dois lados!

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 


Nome: Raimundo
Morada: Algures em algum sítio, bem no meio de..., Portugal
Que mais queres tu?
Então vê o perfil

Blog aberto a fumadores. E não... não temos as dimensões estipuladas por lei para poder ter um espaço para fumadores. E como estamos num país de chibos, já estou mesmo a ver: um dia destes há uma denúncia anónima e aparecem-me aí uns estupores da ASAE para fechar o tasco!

http://www.totse.com/en/bad_ideas/ka_fucking_boom/atomic.html

Imbecilidades diárias
O Mundo desde o início
Mundos aliados
Mundos de subversão
Mundos da Cova
Mundos de sabedoria
Mundos em hibernação
Usurários

Powered by Blogger

15n41n1