segunda-feira, janeiro 30, 2006
Benfica-Sporting: o dia a seguir ao seguinte
Em quase 30 anos de vida, nunca uma segunda-feira custou tanto a passar. Os sportinguistas apareceram todos no trabalho com cachecóis e bandeiras e capas de jornal de domingo a dizer "Banho de bola" e expuseram a parafernália pelas paredes do escritório e em cima dos computadores. E quem vir isto até pensa que o emblema do Leão já é campeão... e até se esquece que, afinal, a lagartagem vai é em quinto lugar do campeonato.

Pôrra que nunca mais passa o dia!
posted by Raimundo @ segunda-feira, janeiro 30, 2006  
3 Obscenidades evitáveis:
  • At 30 janeiro, 2006 14:42, Anonymous Rigoberto Pereira Santana, (Dr.) said…

    EM DEFESA DE RONALD KOEMAN
    É com algum pesar, uma certa indignação e pouca temperança que acompanho as constantes críticas de que tem sido alvo Ronald Koeman, bem espelhadas numa pseudo-notícia deste bloge que atenta sarcasticamente contra aquele que é o homem mais visionário que serve hoje o Benfica e o futebol português. Não são dignos dos seus ensinamentos todos aqueles que põem em causa as suas decisões ou, em última análise, os que colocam em dúvida o facto do seu cérebro manter ainda alguma actividade neurológica, para além daquela que lhe ditada pelas necessidades fisiológicas.
    Não esperem dele a atitude egoísta do antigo titular do cargo. As prioridades de Koeman não são o enriquecimento do seu currículo com títulos atrás de títulos; não sente que tenha de tratar de coisas tão básicas como tácticas, ou ler as ocorrências de um jogo. Para ele, há uma moratória atrás de cada decisão, por mais imbecil que pareça aos olhos dos comuns. Consideremos então os contributos deste verdadeiro pedagogo, que a providência nos trouxe, qual Messias de cabelo ruivo:
    1. O caso Moretto e a pedagogia para os dirigentes – para muitos terá causado escândalo a entrada imediata deste brasileiro na baliza do Benfica, colocando de lado aquele que foi o guarda-redes do título no último ano. Tendo em conta todas as incidências que estiveram por trás da vinda do guardião para o clube – envolvendo Benfica, Porto e personagens sinistras avulsas –, Koeman quis mostrar que os dirigentes têm que ter mais cuidado antes de se envolverem em acusações, insultos e chapadas (avulsas, também), a não ser que seja por um motivo realmente válido. De cada vez que o guarda-redes andou aos papéis no sábado, o Eleito holandês provou o quão desnecessária foi a atitude impulsiva do presidente do clube em ir a correr ao Brasil buscar tão pouco ilustre atleta e a troca de palavras com o clube rival do Porto.
    2. O caso Nelson e a ajuda a Scolari – com a saída de Miguel, muitos temeram pelo lado direito da defesa. Com a chegada de Nelson, cedo se percebeu que estava ali um diamante por lapidar e disposto a naturalizar-se português, ficando disponível para a selecção nacional. Ao colocar Nelson na esquerda, Koeman está a alertar Scolari que o jogador rende apenas metade daquilo que pode fazer no lado oposto. Sabendo da tendência do também Iluminado brasileiro em tomar decisões completamente opostas ao bom sendo, é sem dúvida um ensinamento que vale outro.
    3. O caso Beto e a melhoria das condições de formação do Benfica – Beto e Manuel Fernandes são dois concorrentes a um lugar no meio campo da equipa. O primeiro é brasileiro, tem 29 anos e andou por Paços de Ferreira e Beira Mar. Manuel Fernandes tem 20 anos, é português, está no Benfica desde tenra idade, é internacional A e tido como uma esperança com um futuro brilhante pela frente. Porque não ganha o último o lugar? Porque Koeman quer mostrar que a formação que se faz no Benfica, exemplificada neste caso por Manuel Fernandes, ainda não chega para suplantar um jogador que em dois anos consecutivos actuou em equipas despromovidas. Só quando surgir um atleta das camadas jovens que seja uma junção de Gattuso, Makelélé, Roy Keane e Lampard é que o lugar de Beto poderá estar em risco.
    4. Porque joga Nuno Gomes sozinho na frente de ataque – Koeman exaspera-se com a falta de confiança nessa ave rara, em vias de extinção, que é o ponta-de-lança português. Em Nuno Gomes ele vê a possibilidade de provocar a redenção de todos os homens de área nascidos por terras de aquém mar: “Um português sozinho, poder ser capaz de levar uma equipa às costas”. Pode ser este o lema de uma nova forma de vermos a arte de fazer (ou não) golos.
    Por tudo isto, baixemos as nossas cabeças e agradeçamos aos deuses do futebol termos dado tão inteligente técnico.

     
  • At 30 janeiro, 2006 15:57, Blogger Raimundo said…

    Dr. Rigoberto, obrigado por iluminar a mole de benfiquistas - na qual me incluo - que indecentemente - agora o vejo - questionaram as últimas opções do ilustre holandês. Admito nunca ter visto a questão desse ponto de vista, e por tal me penitencio perante vós. E mais vos digo que se tivesse um chicote, não daria tréguas de vergastadas às minhas costas durante uma hora.

    Mais uma vez lhe agradeço o tempo que dispensou ao extenso esclarecimento. Não foi em vão meu caro. E, a partir deste momento, considere-me mais um defensor das pedagógicas lições do nosso técnico.

    Resta-me pedir-lhe que não se coiba de, sempre que a ocasião o proporcionar, de corrigir, esclarecer e/ou rebater qualquer opinião mais ou menos reaccionária veiculada por este blogue!

    Bem haja

     
  • At 31 janeiro, 2006 01:23, Blogger Rui deOliveira said…

    Olha que sofri do mesmo mal no trabalho! Parece-me que é por falta de hábito que comemoram com tanta alegria!

    É como a neve... é tão rara que saimos todos à rua, felizes e contentes, para festejar tal fenómeno!

    Mas ó Raimundo, pelo que sei, neste fim-de-semana nem neve tiveste... é preciso ter azar!

    P.S.: O design do blog está a ficar à maneira... parabéns!

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 


Nome: Raimundo
Morada: Algures em algum sítio, bem no meio de..., Portugal
Que mais queres tu?
Então vê o perfil

Blog aberto a fumadores. E não... não temos as dimensões estipuladas por lei para poder ter um espaço para fumadores. E como estamos num país de chibos, já estou mesmo a ver: um dia destes há uma denúncia anónima e aparecem-me aí uns estupores da ASAE para fechar o tasco!

http://www.totse.com/en/bad_ideas/ka_fucking_boom/atomic.html

Imbecilidades diárias
O Mundo desde o início
Mundos aliados
Mundos de subversão
Mundos da Cova
Mundos de sabedoria
Mundos em hibernação
Usurários

Powered by Blogger

15n41n1